Notícias

Sindepo pressiona e Secretaria de Saúde volta atrás e garante policiais na lista de prioridade para a vacina contra a COVID-19


Após protesto do Sindepo e outras entidades contra a retirada profissionais da Segurança Pública, o governador Ibaneis Rocha (MDB) pediu ao secretário de Saúde, Osnei Okumoto, que profissionais de segurança e salvamento e professores voltem a fazer parte dos grupos prioritários da vacinação contra a covid-19. A decisão foi anunciada há pouco.

O presidente do Sindicato dos Delegados do Distrito Federal, Rafael Sampaio, foi o primeiro a sair em defesa da categoria. Em nota divulgada à imprensa, nesta quinta-feira, afirmou que as forças de segurança pública estão na linha de frente do combate à pandemia, tendo garantido a aplicação das regras sanitárias de prevenção e a ordem pública durante esse período. Por desempenharem função essencial ao Estado, os servidores policiais permaneceram à disposição da sociedade durante todo o período emergencial, sendo excepcionados, pelas características de suas funções, das suspensões de serviços ou teletrabalho nos planos de enfrentamento à pandemia.

Sampaio ressaltou ainda que a impossibilidade da aplicação de regras de isolamento social aos servidores policiais levou os servidores à índices de contaminação muito superiores ao da população em geral. Na Polícia Civil do Distrito Federal – PCDF, por exemplo, a contaminação de 526 servidores, o que corresponde a aproximadamente 13,5% do efetivo, enquanto os dados do Ministério da Saúde indicam que esse índice é de 3,8% na população brasileira, ou seja, os policiais civis do DF tem 3,5 vezes mais risco de contaminação que um cidadão brasileiro comum.

Confira a nota:

Os Delegados de Polícia do DF receberam com grande satisfação a informação de que o Governador Ibaneis Rocha determinou à SES/DF a reinserção dos profissionais da segurança pública nos grupos prioritários de vacinação, conforme veiculado pela grande imprensa, atendendo ao clamor provocado por este sindicato diante da anterior exclusão desses servidores em atenção ao plano do Ministério da Saúde.

Mais uma vez o Governador Ibaneis agiu com assertividade e celeridade em relação a questões envolvendo o combate à pandemia, revelando sua capacidade de gestão e sensibilidade no trato da preservação às vidas, à saúde pública, à segurança pública e à justiça, nesse momento tão delicado enfrentado por nossa população.

Com efeito, as forças de segurança pública estão na linha de frente do combate à pandemia, garantido a aplicação das regras sanitárias de prevenção e a ordem pública durante nesse período. Por tais razões, os policiais civis do DF estão submetidas a níveis de contaminação 3,5 vezes maior do que da população em geral, o que implica o reconhecimento da necessidade da vacinação prioritária desse grupo, tanto para a preservação da sua saúde e vida, como para evitar que se transformem em vetores de contaminação.

Por tudo isso, agradecemos ao Governador Ibaneis Rocha pelo gesto de solidariedade e justiça a esses servidores que têm se sacrificado para a manutenção dos serviços essenciais prestados e reconhecem a excelência das ações de combate à pandemia desenvolvidas pelo GDF, durante todo o período emergencial.

A Diretoria.

Publicado em 15/01/2021

SINDEPO/DF

SCES Trecho 2, Lote 25
Dentro do Clube da ADEPOL
CEP: 70.200-002

ADEPOL/DF

SAIS Lote 02, Bloco “D”
Departamento de Polícia Especializada/DPE
CEP: 70.619-970

Siga-nos

Site7Dias